quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007

... onde o meu amor me deixou, ali o larguei...

... passo grande parte do tempo ah procura de respostas, e perco-me com muitas delas... para nao pensar muito, tenho o trabalho que me faz esquecer de (quase) tudo... tenho dificuldade em ter tempo para mim nem que seja para ficar sozinho... custa-me dizer "nao" a um amigo... de quando em quando abraco um desporto qualquer onde descarrego parte de tudo... gosto de sair de onde estou nem que sejam soh 5 kms... nao gosto de ser uma fotocopia, tento sempre para que seja diferente... gosto de surpreender, cativar e sentir quem me rodeia.... tenho muita imaginacao mas uso-a para divertir os outros... gosto de estar bem com o que uso e detesto que estejam sempre a reparar em mim.... aproveito-me daquelas pessoas que me "tiram de letra", para as desiludir...


Gostava de conhecer
... o policia do meu predio, o carteiro da minha rua, os voluntarios de boas causas, os que lutam pela sobrevivencia dos outros, os agricultores de laranjas, os professores de matematica, os que jah nao acreditam, os que gostam do mar e de navegar ou os que passam o dia a bocejar...



... gosto de estar com amigos e de estar sozinho, esquecer as pessoas e a seguir lembrar-me delas... de oferecer presentes sem nada receber em troca... nao gosto de show off ou protagonismos aparentes, mas gosto de pensar que fui bem sucedido... gosto de influenciar mas nao gosto do dinheiro... gosto de viajar mas nao gosto de publicidade... gosto de andar de carro mas tambem de correr... gosto de gente mas nao gosto de confusao... gosto de informatica mas nunca falo sobre o tema... gosto de ler mas acabo por adormecer...


... onde o meu amor me deixou, ali o larguei...