sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Dizem que

fui arrancar o último dente do siso. E que o meu médico acha que eu sou forte e, por isso, não há antibiótico pra ninguém (só dores...).
Dizem que a minha casa este fim de semana vai estar lotada.
Dizem que há festa all weekend long.
Dizem que a festarola deve ser do pijama porque as minhas finanças... enfim.
Eu digo: Bom Fim de Semana a todos, com ou sem dentes!!!

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

À procura de

Todos os dias, todos nós procuramos algo.
Se acordamos bem dispostos, procuramos manter-nos assim todo o dia. Procuramos animar um amigo que está mais triste. Procuramos o sucesso. Novas formas de fazer algo que a rotina já tornou usual. Um bom momento. Procuramos dinheiro. Aquele alguém ideal.
Mas, muitas vezes, esquecemo-nos do mais importante.
Procurarmo-NOS.
Não podemos partir em busca de algo exterior se nós próprios nos transcendemos.
Como atingir o que queremos, se o essencial é atingir o âmago de nós mesmos?
Porque (re)agimos daquela maneira, naquela situação? Porque me sinto assim se acho que foi o melhor?
Por muito que a vida nos proporcione algo exterior, o interior tem de estar resolvido antes. O essencial é a alma. A tranquilidade. A segurança de nos conhecermos a nós mesmos. De saber o que é melhor para sermos mais felizes. O espírito. Porque o corpo, esse, vem depois.
É necessário arriscar, sem medo de falhar.
Se falhar, não há que ter medo de chorar.
Se tivermos de o fazer, repensemos a vida, mas nunca, NUNCA devemos recuar.
E, sobretudo, é necessário darmos uma nova oportunidade a nós mesmos.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

I Don't Love You



My Chemical Romance

domingo, 24 de fevereiro de 2008

E Porque Amanhã é Segunda-Feira #10

E para isto não parecer um bordel aos Domingos,
Angelina Jolie

Brad Pitt

vamos lá apreciar um casal legitimamente ligado aos olhos do Senhor (vocês: Amén!)

Boa Semana!!

Tendo em conta que

fui convidada pra fazer uma apresentação da minha profissão e que o assunto tem de durar 1,5h, qual é a melhor técnica pra não dar uma grande seca?
Aceitam-se sugestões. Por favor.
.
PS. é pra miúdos do secundário... e é para a semana....!!!!!

Ora então minha burra,

vamos lá experimentar pela primeira vez na vida... o Movie Maker!
Help?

Back!

Tenho andado desaparecida do blog, é certo.
Não porque a vontade de escrever tenha passado, nada disso.
Simplesmente porque a minha vida neste momento parece um carrossel. É o trabalho, são as viagens, são as chaladas das minhas colegas que tão depressa nos declaram guerra, como nos servem de cabide e nos lambem os pés, se for preciso...
É a vida pessoal, em geral.
Afinal de contas, algum dia temos de ser adultos.
O que interessa é que voltei.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

6 coisas que amo imêêêêênso fazêêêr

A Med é uma quêêêridââ e lá resolveu que eu tinha de escrever algo pra ela cuscar. Desta vez são as 6 coisas que mais gosto de fazer. Sem mais delongas, cá vai:

1 - Gosto de fazer o amor. Quando digo isto, estou a falar de ajudar as velhinhas na passadeira, dar prioridade ao senhor com esquizofrenia, ainda que não a tenha, assinar petições das focas bebés-qq-coisa, ter dado dinheiro pra um tijolo da igreja da Nossa Senhora das Não Sei das Quantas do Brasil e em cada mês espetar com a revista (que religiosamente me enviam como adoração da minha boa vontade) na RECICLAGEM. Enfim, assim por aí... O Amor em geral.
2 - Gosto de exercer a minha profissão. Há lá coisa mais bonita que limpar o ranho da boca de meninos e de os ensinar a dizer "ê-ói, descuto isto, és um borrego"?? E ensinar meninos surdos a pronunciarem correctamente "deficiente!" para eles chamarem a um colega lá na escola que os chateia?? E levar dentadas e apanhar varicela e assim estas coisas fofas, de partilha, de carinho, de entreajuda (sempre quis escrever esta palavra, escrevi-a bem??)? E ter ainda a paciência de estar numa equipa de 7 mulheres (no FEMININO, reparem!!) ???
3 - Gosto de música. De manhã à noite. Ir aos berros (leia-se "colocação perfeita de voz") no carro, imaginando-me na entrega dos Grammys, dos Brits ou, quiçá, no Festival da Canção???
4 - Gosto de cinema. Nem sempre dos filmes. Mas sempre do cinema.
5 - COMPRAR. Ai meu deuuuuuuuuuuussss, que eu podia dizer tanta coisa aqui, mas não posso... Respira, Maria, respira.... Lembra-te dos 12 passos.... Qual era o primeiro?? Ah, NÃO COMPRAR COISAS DESNECESSÁRIAS... (dúvida: "desnecessário" existe???)
6 - Gosto de dormir. Principalmente quando não tenho tempo para o fazer. Nem é tanto o dormir, é mais o tempo que eu poderia ter para dormir. De estar na cama. A ler, a ver filmes, a reflectir sobre o nada (assunto extensíssimo, intrínseco e complexo).
Eu gosto de tanta coisa...!

domingo, 17 de fevereiro de 2008

Last night I saw you in my dreams
Now I can't wait to go to sleep
Kanye West

Londres - Parte I

Tenho a mania de, sempre que vou viajar, tirar um curso ou uma formação. É sistemático. E quando a estadia é curta, queixo-me que não vi nada. Que fazer?
Lá ia eu a caminho de terras de sua Majestade, esperançosa de que os dias por lá tivessem 48 horas, pra que me fosse permitido fazer ambas as coisas.
De ténis já preparados para as caminhadas e sorriso na cara, lá saio eu toda lampeira do avião. Tudo facilidades, logo ali. Até que oiço o primeiro inglês a falar. E Maria, no seu advanced english (não esquecer que já estive em Sarajevo e na Noruega 3 meses, onde até já pensava em inglês), constatou atonitamente que apenas conseguia descortinar as palavras de conteúdo de um diálogo cheio de entoações - que nos filmes british passamos por cima, ignorando, tudo por causa das malditas legendas.
"Me, Maria, you Tarzan", lá chegámos à residência, com (potes de) ajuda do meu querido honey. Para isso, obviamente, tive de atravessar as passadeiras com o trânsito ao contrário e utilizar o metro, experiência esta que me deu a ligeira sensação de que não ia ser fácil contrariar a primeira impressão de "não sei se vou gostar disto". Mas ok.
Cá pensei pra mim: "isto é apenas a tua obsessão de organização autística a funcionar, mas recorda-te de quando foste diagnosticada surda em pequena e sente o quão bom é agora ouvir e sentir o caos da vida". (Sim, já disse que tinha problemas mentais).
Já respirando quase normalmente, lá chegámos à GuestHouse. O que não ajudou especialmente...

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

E finalmente...

... parece que estou de volta!!

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

domingo, 10 de fevereiro de 2008

Foden por todo o lado!


Pois cá estão eles.

Mas não valia Googlar!! Ai ai ai! Era para usar a imaginação!

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Guess What ?

Maria pelas terras de Londres, não se esquece de vocês.
Ora cá está algo pra vocês se entreterem.
Pista: é uma marca.
Pergunta: de quê???

A melhor resposta ganha um... ou uma...

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

Miminhos

Da Med:



Da Mik@:



Muiiito obrigada, meninas!!

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Tenho um problema. Não, muitos. Mentais.



Dei conta disto ao falar com a Med.

Ando de volta do escritório há que tempos. Não dou conta dele. Tenho 3 sacos do meu tamanho para a reciclagem. Se as pessoas importantes deste país soubessem, eu já estava no anúncio dos Ecopontos "vá lá va láááá".

A verdade é que não consigo fazer a mala para Londres antes de arrumar o escritório (e para este precisava de uma companhia de limpezas/reciclagem). Nestas alturas de organização, o meu cérebro só processa uma acção de cada vez. Hoje até sonhei que embarcava pra Londres com a roupa que tinha no corpo e mais nada. Nem um par de cuecas sequer!

E enquanto (não) penso nestas coisas todas - e a achar que tenho pouca tralha no escritório -, ainda tenho esta página aberta para as compras.

A Med diz que sou workoholic. Eu acho que é mais um problema mental que me leva a estoirar o dinheiro em bonecos e jogos "prós meniiiinos carentes" do trabalho.

Ainda me recordo a vez em que o meu mais-que-tudo apanhou um vergonhaço com a minha birra no Toys'R'Us quando eu quis trazer uma casa de bonecas de 80 cm de altura "prós meniiiinos". Está montada no quarto da casa da minha mãe e jamais menino algum lhe pôs vista em cima.

A Med diz que não liga a nada disto e gosta é de livros. Queres livros, Med?? Queres?????? É que eu tenho livros REPETIDOS nas minhas estantes!!!!!

Por favor, internem-me. Mas só depois de ter arrumado o escritório e, consequentemente, ter ido a Londres.

domingo, 3 de fevereiro de 2008

Passatempo London City (cont. post anterior)

Aos vencedores do Passatempo de Natal, informo que os vossos presentes serão comprados na cidade indicada no post abaixo, por isso, já falta pouco para os receberem em casa.
Aos que gostariam de receber uma lembrancinha de Londres (como se manifestaram em comentários de alguns posts abaixo), aqui deixo então um desafio:
- Durante esta semana (que vou estar online, que eu e o meu pc somos inseparáveis), aguardo emails para blogdamariah@gmail.com, com anúncios publicítários humorísticos, mais ou menos neste estilo.
- O melhor anúncio(+slogan) será publicado assim que regressar e receberá então um presentinho directamente de Londres.
Boa ideia?

E Amanhã até é Segunda-Feira...

... mas hoje não há gajas(os) boas(ns).
Quero só anunciar que esta semana vou estar aqui:


Londres

E, mais especificamente, hospedada aqui:

Notting Hill

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Ora então não sou eu pessoa cheia de sorte????? (%$#"&#)

Maria no seu Renault Clio (quase novo) na estrada, a regressar a casa.
Fila e tal, todos os carros param. Todos! O de trás, 1 minuto depois de parar, vem-me bater.
Rapariga sai lá de dentro, lívida:
- Aii meu deus, que eu entornei os tapawares que a minha mãe me fez pró jantar e o carro é do meu marido e ele mata-me. Fez alguma coisa?
Maria: Não vejo nada, mas tenho de conferir na oficina.
"Coisinha": Eu tou é preocupada com o Mercedes (!!!!!), que é do meu marido, ele mata-me, tem o seguro há uma semana. Mas eu PAGO, tome lá, o meu nome é P., este é o meu tlm, diga-me alguma coisa por favor.
E a BURRA, IDIOTA, ESTÚPIDA da Maria confia, não se assinam papéis nem nada.
Hoje, na oficina, abre-se o carro, tudo partido por dentro. Maria chama a P. P. traz o marido.
O marido diz que não foi o carro dele, arma-se em chico-esperto, a Maria passa-se da cabeça e diz que se não pagarem chama a polícia. Mas isto não é porque ache que a polícia resolvesse alguma coisa, mas é que o dito é romeno ou ucraniano ou coisa que o valha. Ele amaga-se (que é como quem diz, contém-se).
Não se assinam papéis, a "esposa" diz que paga mas que quer esperar pelo orçamento. Supostamente, pra decidir se põe no seguro ou não. (Ou se paga, isto ela não disse mas eu cá desconfio que ainda vai repensar este fim de semana). No entanto, ela diz que paga. Mas que espera pelo orçamento.
E eu para a semana vou pra Londres.
E está-me cá a cheirar que quando chegar tenho mais uma continha jeitosa.
GRANDE MERDA!
Vou à bruxa.